Entre 5 a 6 litros de sangue circulam ao redor do corpo, que respondem por 8% do peso do corpo humano, com uma densidade média de cerca de 1.060 kg/m3. Normalmente, ninguém fica se preocupando com a circulação de sangue, até que algo dá errado apareca.

Exemplo? Às vezes, a quantidade de glóbulos vermelhos no sistema circulatório cai muito abaixo do normal. Esta condição é conhecida como anemia. O que pode ser feito para combater a anemia naturalmente?

Há uma série de causas de anemia. Ela pode ser causada por uma hemorragia devido a um acidente (ferimento) ou uma doença. Lentos ou moderados sangramentos de uma úlcera no estômago ou intestino também podem causar vários graus de anemia. Adolescentes, mulheres grávidas e aqueles que consomem uma dieta pobre são particularmente propensos a sofrer de anemia.


Anemia Macrocítica e Vitamina B12

Anemia macrocítica é uma condição causada pelo tamanho ampliado dos glóbulos vermelhos do sangue. Isto pode ocorrer devido a uma deficiência de ácido fólico e / ou vitamina B12. A deficiência de ácido fólico e vitamina B12 é normalmente relacionada com a inadequação alimentar, ou certas doenças alimentares, tais como doença celíaca (intolerância ao glúten), ou doenças do fígado.

Gravidez e cirurgias gástricas também aumentam o risco de desenvolver anemia macrocítica. Os vegetarianos também podem estar em risco de desenvolver anemia macrocítica, devido à falta de vitamina B12 (também conhecida como cobalamina) em sua dieta.


Os sintomas da anemia macrocítica

Os sintomas da anemia macrocítica podem incluir dispnéia, dor de cabeça, fadiga, feridas na língua, glossite, taquicardia, sopros de fluxo sanguíneo, esplenomegalia, palidez da conjuntiva, ataxia, perda de reflexos profundos do tendão, perda de sensibilidade na coluna posterior, diarréia e outros problemas gastrointestinais.


Curas naturais para anemia macrocítica

Uma vez que uma das causas de anemia macrocítica é a má alimentação, melhorar a sua dieta, incluindo alimentos que são ricos em ácido fólico, ferro e vitamina B12, vai ajudar a resolver o problema. Os alimentos que são ricos em vitamina B12 incluem carnes orgânicas, peixes, ovos, leite cru e outros produtos lácteos, enquanto que algas também podem conter uma certa quantidade desses nutrientes necessários. vegetais folhosos verdes, como espinafre e alface, são a principal fonte de ácido fólico.

Suco de beterraba e raiz de beterraba contém muitos elementos essenciais, tais como potássio, fósforo, enxofre, cálcio, iodo, ferro, cobre, carboidratos, proteínas, gorduras e vitaminas B1, B2 niacina, B6 e vitamina P. Com o seu elevado teor de ferro, beterraba ajuda na formação das células vermelhas do sangue.

O suco de beterraba vermelha reforça o sistema imunológico e provou ser um excelente remédio para anemia, especialmente em crianças e adolescentes. Folhas e sementes de feno-grego cozidos, sendo ricos em ferro, também podem ajudar na saúde do sangue.

As amêndoas são ricas em cobre, ferro e outras vitaminas. Cobre juntamente com ferro funcionam como catalisadores na síntese de hemoglobina. As amêndoas são, portanto, muito úteis na cura de anemia.

Uma das maneiras mais importantes de se combater a doença potencialmente mortal que é anemia, é manter uma dieta saudável. Não exagere (ou evite) fast food, e coma muitos legumes!

-------------------

Fonte: Artigo de Rafael Silva